Translate

domingo, 4 de novembro de 2012

Pra que tanto lero, lero meu bem?




O post de hoje é tietagem total. Na brincadeira do TAG: 11 perguntas sobre mim, eu comentei que eu sou chegada num pagodinho. Nem sempre foi assim, quando pequena eu detestava samba e pagode. Minha mãe e meu pai sempre ouviam os Lps deles de pagode e não me deixavam ouvir os meus do balão mágico e cia. Daí eu criei uma implicância feroz com o estilo musical.

Eu passei por várias fases, já fui roqueira, beatlemaníaca, tcutchuca do funk, forrozeira, fã de reggae e por último, depois dos 28 anos, não dispenso um bom pagodinho. O grande culpado disto é o Thiaguinho, esse pretinho é uma coisa.... ! Na época do FAMA, eu votava para ele não sair do programa. Thiaguinho, você deve uma grana para minha mãe.


 A primeira vez que eu assisti o primeiro DVD dele em carreira solo, eu confesso que me emocionei. Ver ele brilhando sozinho no palco é uma vitória. Só de pensar que no FAMA teve um jurado que disse para o Thiaguinho que ele nunca alcançaria o estrelato, ele foi lá e fez.

Talvez você não goste deste tipo de música, mas a história de sucesso deste menino ninguém pode negar. De todas as musicas do DVD, a que eu mais gosto é a que ele canta com o ídolo dele, Alexandre Pires. Vale à pena você perder 3 minutinhos do seu tempo assistindo, porque é um verdadeiro duelo de gatos talentosos.





Beijocas e bom Domingo.


6 comentários:

  1. Tem um selinho te esperando no blog.
    Vai lá...bjm

    ResponderExcluir
  2. rsrsrs, gostei do thutchuca do funk. É assim mesmo , nós somos camaleoas e somos de muitas fases tb. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O bom é que eu me divirto em qualquer lugar.bjs

      Excluir
  3. Você está sumida...tem 2 selinhos a sua espera no blog
    wwwecantodeblog.blogspot.com
    mascabeloslindos.blogspot.com
    Bj

    ResponderExcluir

Vai, me conta o quê você achou?

Pesquisar este blog